Versão para impressão
19
Jul

Projeto Plastic Pirates-Go Europe

Os alunos e docentes envolvidos no projeto "Plastic Pirates- Go Europe", do Agrupamento de Escolas D.Sancho II,Alijó, efetuaram a segunda saída de campo no dia 16 de Junho, à praia fluvial de Vale de Mendiz, para a recolha de plástico da amostragem da Primavera, que devido ao confinamento foi adiada para esta data. Este Projeto com esta metodologia única para todos os grupos espalhados por toda a Europa garante que os dados recolhidos sejam comparáveis, tornando-se visíveis num mapa online que pode ser consultado na página https://www.plastic-pirates.eu/pt. A campanha, visa sensibilizar toda a Europa para a importância e proteção dos rios, conseguida através da colaboração internacional entre equipas de investigação. Também contribui para uma ciência cidadã em que os cidadãos - neste caso os alunos – apoiam cientistas e investigadores, por exemplo, ao realizarem medições, recolherem dados e ao criarem a sua própria documentação. Com este propósito os grupos de trabalho executaram os procedimentos previamente planeados e com a ajuda de um drone, realizaram um filme. Já em laboratório foi feita a triagem e foram introduzidos todos os dados na plataforma europeia online. As dificuldades observadas foram o calor e o desenvolvimento da vegetação que impediu o acesso a zonas com plásticos, no entanto como a recolha ocorreu após um período de chuva intensa, a velocidade do fluxo do rio era superior à de janeiro tendo sido recolhidos maior número de itens de plástico. As redes para recolha de microplásticos da água foram enviadas para um laboratório da Caparica (Lisboa) da Ciência Viva, parceiro deste projeto. Esta atividade é muito enriquecedora para os alunos, não só na educação ambiental desenvolvida ao longo do projeto, mas também na articulação disciplinar e na dimensão científica das disciplinas associadas ao mesmo. A educação é a chave para a resolução da poluição causada pelo plástico sendo importantíssimo que as escolas se envolvam. Como se pode ver no mapa, em Portugal ainda são poucas as escolas, envolvidas, mas Alijó já marca posição nesta luta.

Confiamos por isso que todos colaborem e tomem medidas para salvar o nosso planeta.

Agradecimento à Câmara Municipal de Alijó pela disponibilização do transporte e ao Agrupamento por tornar possível este projeto inovador.

Douro protectors